Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Oposição poderá ter quatro nomes para concorrer à prefeitura na capital

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) anuncia na próxima sexta-feira, em Rio Branco, o nome da advogada Valdete Souza para concorrer à prefeitura da capital. A pré-candidata será o quarto nome do quadro da oposição que tem ainda como pré-candidatos: Eliane Sinhasique (PMDB), Bocalom (DEM), Francileudo Costa (PSDB).

Com mais um nome no tabuleiro das eleições deste ano, a oposição afasta-se cada vez mais do discurso de unidade debatido entre seus principais caciques. Valdete segue o mesmo discurso dos demais candidatos, defende os interesses partidários e união apenas no Segundo Turno.

“Um grupo de filiados do PMN achou por direito lançar o meu nome e eu estou disposta a encarar mais esse desafio em minha vida” comentou a pré-candidata.

No mesmo evento será homologada a executiva municipal do PMN que terá à frente o empresário Queffren Licurgo.

Oposição despreza estatísticas – A Frente Popular do Acre (FPA) ainda não decidiu quem será o vice do atual prefeito Marcus Alexandre, mas segue unida, pelo menos até agora, em torno da sua reeleição.

Nas últimas eleições, a FPA venceu apertado, mas conseguiu chegar à frente nos dois turnos das eleições municipais. Marcus Alexandre, o engenheiro civil de 35 anos venceu primeira disputa da qual participou.

No primeiro turno os candidatos Marcus Alexandre (PT) e Tião Bocalom (PSDB) obtiveram 48,3% e 43,85% dos votos, respectivamente. Em terceiro lugar aparece Fernando Melo (PMDB), que ficou com 4,72% dos votos.


No Segundo Turno em que o PMDB de Fernando Melo (terceiro colocado) se uniu com o tucano Bocalom, em 2012, Marcus Alexandre teve 90.557 votos (50,77% dos válidos); Bocalom (PSDB), 87.818.