Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Lula não tem fórum privilegiado e deve receber da justiça o mesmo tratamento que qualquer cidadão

É preciso relembrar a luta para que o Brasil chegasse ao regime democrático. O único fato que ainda pode levantar um questionamento no depoimento do ex-presidente Lula na Polícia Federal é que poderia ter se dado por convocação e não por coerção. Só! No mais, Lula não tem fórum privilegiado e deve receber da justiça o mesmo tratamento que qualquer cidadão da população brasileira. Não se trata de golpismo, ato contra democracia, de querer destruir o PT, de volta da ditadura, querer transformá-lo em preso político e outras sandices, que foram soltas pela militância petista. Foi depor sobre suposta prática de atos ilegais. Não foi sentenciado, não foi preso, mal tratado, enfim, na essência jurídica do ato não há nada de ilegal. Deu o seu depoimento como investigado, respondeu todas as perguntas e ponto final. A justiça é que vai dizer na apuração de todos os fatos se o Lula (foto) é ou não inocente. Até lá tem presunção de inocência. Mas, sujeito a ser chamado a dar depoimentos em toda a fase processual. Ninguém está acima da lei. Lula não é um Deus mitológico com direito apenas ao julgamento no Olimpo. Tem muito tamborim vermelho tocando para um samba quadrado.
Por Luis Carlos Moreira Jorge