Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Homem preso por tráfico de drogas sai da cadeia e é assassinado em menos de 48 horas

Maykon da Silva Pereira, 25 anos, foi morto na tarde de quinta-feira (17) no bairro Sapolândia, região do Distrito Industrial de Rio Branco, onde foi preso na última terça-feira (15), acusado de tráfico de drogas.

De acordo com informações da polícia, Maykon estava dormindo após o almoço com sua esposa quando dois homens chegaram em uma motocicleta vermelha, adentraram na casa e efetuaram vários disparos. O Samu esteve no local, mas já encontrou a vítima morta.

Segundo a equipe técnica, o homem aparenta ter cerca de 7 tiros, onde 4 acertaram as costas.

A polícia foi acionada e foi informada pela esposa da vítima que eles moravam na Sobral, de onde saíram por desavenças da vítima com um traficante da região. Foi feito um varredura na região do homicídio, e algumas guarnições se deslocaram para Baixada do Sol, na tentativa de localizar os autores do crime.

Entenda o caso

Maykon havia sido preso em flagrante na tarde de terça-feira (15), no bairro Sapolandia, região do Distrito Industrial, acusado de tráfico de drogas.
De acordo com informações do tenente Farias do Batalhão de Operações Policiais Especiais “Bope”, a guarnição realizava patrulhamento de rotina, quando avistou um homem em atitude suspeita, Maykon já é freguês da polícia, os policiais resolveram então abordá-lo, o acusado tentou fugir, mas foi detido.

Na revista pessoal, foram encontradas 33 trouxinhas de pasta base de cocaína, quando entraram em sua casa, haviam 3 vídeo games e 3 relógios de marca, todos os produtos sem procedência legal, provavelmente oriundo do tráfico. Segundo vizinhos de Maykon, ele mora há pouco tempo no local, onde expulsou o verdadeiro dono, sob ameaça de morte, caso ele não desocupasse a casa, que estava sendo usada como ponto de venda de entorpecentes.

O acusado foi preso e conduzido à Delegacia Central de Flagrantes, onde averiguado sua situação, constatou-se que ele tem uma extensa ficha criminal. Agora ficará mas uma vez a disposição da justiça.