Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Processo seletivo UNIP-Acrelândia

Processo seletivo UNIP-Acrelândia
,

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Secretário confirma que sabia do esquema de vendas de casas e por isso denunciou à polícia

Depois de ser acusado de saber do esquema da comercialização ilegal de casas populares do programa federal Minha Casa, Minha, o secretário Jamyl Asfury (Habitação) recebeu a reportagem da ContilNet na Casa Civil do governo e afirmou que sabia do esquema que envolvia servidores de sua pasta e “corretores de imóveis”. Segundo ele, ao tomar conhecimento do caso  entregou toda a documentação que comprovariam as fraudes para investigação da Polícia Civil.

O secretário afirmou que sabia, mas isso não quis dizer que foi conivente ou que nada fez para combater a prática. Asfury explicou que após receber as denúncias de três pessoas e ter em mãos as documentações fez a denúncia à polícia que, junto com o Ministério Público, desencadeou a Operação Lares, que cumpriu mandados de busca e apreensão.


“Essa operação só foi desencadeada depois da minha informação para que eles [polícia e MP] começassem o trabalho. Tenho origem policial [Asfury é policial federal], só não podia fazer o trabalho de investigação pois não era da minha competência. Sou secretário de Habitação, então tive que encaminhar para a Policia Judiciária do Estado que é quem tem a competência para fazer a investigação”, disse ele.