Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Processo seletivo UNIP-Acrelândia

Processo seletivo UNIP-Acrelândia
,

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Polícia prende “corretores” e servidores públicos suspeitos de fraudar sorteio de casas populares

A Policia Civil deflagrou na manhã desta segunda-feira (1º) a Operação Lares, que desmontou uma quadrilha que falsificava documentos para adquirir imóveis do programa Minha Casa, Minhas Vida. Foram oito conduções coercitivas e cinco mandados de busca e apreensão. O esquema é composto por “corretores” e dois servidores públicos, entre eles uma funcionária da Secretaria Estadual de Habitação (Sehab).

Apesar de não terem transferido um único imóvel, a organização criminosa lesou dezenas de pessoas, que embalaram o sonho da casa própria, e agora estão respondendo também pelo crime.

“Essa é apenas a primeira fase da operação. Foram três meses de investigação, que contou com a participação do Ministério Publico Estadual”, disse o delegado Roberth Alencar, durante entrevista coletiva.

Ainda segundo ele, usando laranjas a quadrilha negociava as casas por valores entre R$ 5 mil e 30 mil.

“Iremos analisar as provas documentais e testemunhais”, acrescentou Alencar, frisando que prisões podem ser deflagradas nos próximos dias. O delegado não quis revelar os nomes dos investigados.