Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Petecão perde o “encanto” pelo PMDB e articula chapão com Bittar e Bocalom em Rio Branco

Luciano Tavares, para o Blog do ac24horas

Petecão se desencantou com o PMDB. Márcio Bittar se encantou com Bocalom. São coisas da política. O ex-deputado Luiz Pereira já dizia que a “política é dinâmica” e o velho Ulysses Guimarães não exagerou ao afirmar que “na política só não vi boi voar”.

Pois bem. Petecão, do PSD, já chegou a mandar e desmandar no PMDB com Flaviano e companhia dentro. Lançou, contra tudo e contra todos, Fernando Melo candidato peemedebista à prefeitura de Rio Branco nas eleições municipais passadas, mas agora decreta: “vamos lançar Marcio Bittar e Bocalom com o PMDB fora!”, disse Petecão, por telefone, após um café da manhã com Bocalom em sua casa, no Conjunto Solar.
Do mesmo lado, Bittar e Bocalom, dois nomes cansados nas urnas querem se juntar. O tucano e o democrata voltaram a tomar da mesma limonada apenas por uma relação de conveniência. Quem conhece sabe que ambos não se suportam. As páginas de jornais estão aí e mostram as bicadas entre os dois nos tempos de PSDB. Por isso Bocalom deixou o ninho tucano e virou filado do DEM.
Mas o PSDB, alguém pode questionar, já tem um pré-candidato, o engenheiro florestal Francineudo Costa. Bem, parece ter. É difícil definir quem, na verdade, será o candidato tucano a prefeito: Francineudo? Bittar? José Wilson?
O PMDB definiu que Eliane Sinhasique é sua pré-candidata. Parece que até agora apenas com a ajuda do PP de Gladson Cameli.
E assim caminha a oposição…

Atualização 12:09: Enquanto Petecão tenta vender o peixe para Bittar, o tucano não dá o minimo sinal que possa aceitar a investida do senador. No último final de semana, ele afirmou a pessoas próximas que pretende ser candidato em 2018 para o senado ou o governo, para “ajudar Aécio”, seu candidato a presidência da república